Total de visitantes até hoje

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

O milagre de Nova Londrina - Margarida Meneguci


     

    
Margarida Meneguci

            Nascida em 28 de novembro de 1954 e falecida no dia 18 de novembro de 1966, aos 12 anos de idade. Residia próximo ao Estádio João Venâncio da Rocha, Nova Londrina/PR, filha de D. Júlia e Mário Menegussi.
          Margarida está sepultada no cemitério Municipal de Nova Londrina/PR. Ela foi vítima de um acidente caseiro, queimadura de terceiro grau.
           Segundo informações de sua família, fazia muito frio naquele dia, ela e seu irmão foram se aquecer no fogão a lenha, quando, de repente, uma labareda invadiu o saiote de farlett da menina e a queimou até a barriga.
          A sua mãe estava trabalhando nesse momento, foi socorrida por vizinhos que a levaram ao Hospital Santa Terezinha e atendida pelo Dr. Olivier Grendene. Ficou três meses internada. A situação era grave e a menina insistiu para ir para sua casa, pois queria ver seus amiguinhos, e logo, quinze dias depois, veio a falecer.
          Era religiosa, fez primeira comunhão com o Padre José Bevilácqua (foto); fazia parte do grupo “As Cruzadinhas”. Seu túmulo é visitado por devotos de toda a região Noroeste do Estado e de outras regiões.
          O Pe. José Ernesto Bevilacqua, nascido em 19 de maio de 1921 e falecido muito jovem ainda, em 20 de agosto de 1962, foi o primeiro Pe. de Nova Londrina.
        

________________________________________


Depoimentos: 

Essa menina faz milagres... Já conversei com  pessoas que me disseram que ela é uma verdadeira santa.




Prof. Osmar Fernandes

           Vou ao cemitério de vez em quando, aqui é uma cidade pequena, e sempre tem gente lá na capelinha dela. Realmente, ela é especial mesmo. Tem gente qua já me confidenciou alguns milagres.
          Margarida é a menina milagrosa daqui. O que eu sei é que a menina morreu queimada aos 12 anos de idade, acidente caseiro... Há 40 anos. Seu túmulo (capelinha) é o mais visitado do cemitério de Nova Londrina/PR. Tem muita gente que garante que ela faz milagres... Por isso, é visitada por romeiros da região. Devotos garantem que a menina é santa.  

Padre José Bevilácqua e Margarida, no dia de sua 1ª comunhão – na Paróquia de Nova Londrina/Pr., (foto).


          Seu sepultamento foi feito numa cova comum. Mas, com os milagres que vem realizando, segundo muitos testemunhos, a Prefeitura Municipal resolveu edificar a capelinha na cova da menina e um cruzeiro ao lado.
          Devotos da cidade e da região visitam cotidianamente a capelinha da menina santa. À medida que se espalha a notícia dos milagres realizados por Margarida, a romaria em volta de sua capela e de seu cruzeiro vai se juntando.
          Muitos devotos levam rosas, velas, bonecas, doces, pirulitos, coroa de flores e uma variedade de outros objetos... Fazem de Margarida uma menina especial, um espírito de luz, uma santa.
          Muita gente vai ao seu túmulo pagar promessas... Os pedidos são de toda ordem: de emprego, casamento, curas de doenças graves, de bebedeira, desavenças, etc.
          O filho de um antigo coveiro, o Zé, fez promessa para menina, dizendo que se ele arrumasse emprego logo, faria um revestimento de azulejo em seu túmulo, e como teve a sua graça alcançada, pediu permissão para a família de Margarida e pagou a promessa.
          Vilma, uma amiga de infância, prometeu muitas flores e mandaria rezar uma missa se arrumasse casamento, como obteve a benção, também cumpriu a promessa.
          Uma senhora de Paranavaí, que me pediu sigilo sobre seu nome, pediu para a menina santa, que, intercedesse na volta do seu marido ao lar, e se isso acontecesse, daria-lhe presentes e acenderia muitas velas no seu cruzeiro, a graça foi atendida e a mulher pagou seu compromisso.
          Janaína foi à sua capelinha e lhe prometera que se passasse do ano, acenderia muitas velas no seu cruzeiro, a graça foi alcançada e ela pagou a promessa conforme o prometido.

________________________________________


26/07/07

-Izilda:

 

Prof. Osmar,


Que maravilha! Relatos impressionantes.
Estou emocionada... Margarida é Milagrosa!!!
Meu interesse é imenso, pois, recebi meu nome - Izilda -
graças a um milagre no momento do parto... Minha avó
invocou a intersessão de Menina Izildinha.
Fomos salvas, eu e minha mãe, graças a Deus em primeiro lugar!
E à Menina Izildinha!
Que a Menina Margarida seja reconhecida!
Mesmo sem a ter conhecido, algo nela me emociona!
Muitas vezes antes de adormecer, me pego pensando nela

___________________________________________


Depoimento de Lêda Soares de Almeida

          SABE, EU ACHO QUE ELA FAZ MILAGRES MESMO, PORQUE O SOFRIMENTO DESSA MENINA FOI MUITO GRANDE. EU  ACOMPANHEI SUA AFLIÇÃO EM MUITAS VISITAS... ELA ME FALAVA: "VEJA TIA... E COLOCAVA A MÃO NA BOCA E TIRAVA UM DENTINHO COZIDO, E PERGUNTAVA: "SERÁ QUE EU VOU TER OUTRO?" EU LHE DIZIA CHORANDO, SIM, VOCÊ VAI TER TODOS OS SEUS DENTINHOS. SEU CORPO ESTAVA EM CARNE VIVA E CHEIO DE BOLHAS.
          O MEU ESPOSO, JOÃO FERNANDES DE ALMEIDA, AJUDAVA AS PESSOAS QUE DELE PRECISAVA, E A MARGARIDA FOI UMA DELAS.
          ACHO QUE A MÃE  DA MARGARIDA SE LEMBRA O QUANTO CHOREI COM TODO AQUELE SOFRIMENTO.
          EU PERGUNTAVA PARA ELA:  VOCÊ ESTÁ SENTINDO MUITA DOR? E ELA ME DIZIA: "NÃO!...  PAPAI DO CÉU NÃO DEIXA EU SENTIR DOR...."
          ESSA MENINA ESTAVA TOTALMENTE COZIDA. ERA UM VERDADEIRO HORROR
          VENDO E OUVINDO ELA CONVERSAR NAQUELA SITUAÇÃO... VIVA! APESAR DE TODO SEU SOFRIMENTO, ERA UM MILAGRE!!!

Um comentário:

  1. Eu moro aqui em Nova Lopndrina e desconhecia essa história, agora vou ao cemitério visitar essa Santa Menina Margarida.

    ResponderExcluir

Obrigado por você me visitar! Fico grato e volte sempre. Encaminhe a mensagem desejada a um amigo(a); faça desse blog sua leitura virtual diária. Enviei-me sugestões.

Felicidade sempre!